Escolha uma Página
4.5/5 - (4 votes)

Marca Registrada é coisa séria. Se você deseja saber quem está usando a sua marca por aí, e, sem o seu consentimento. Siga esses três passos simples e objetivos e descubra:

  1. Faça uma busca no Google Usando os termos: CNPJ + Nome fantasia da Sua marca;
  2. Faça uma busca no Facebook usando só o nome fantasia: Procure em páginas e grupos; e
  3. Consulte o banco de Marcas registradas do INPI: Use sempre a base radical.

Neste artigo eu vou te revelar em detalhes tudo sobre marca registrada e como extrair e analisar as informações contidas dos três passos citados acima e assim você vai entender como sei se tem alguém usando minha marca, de um jeito simples e sem complicações.

NÃO CULPE A FALTA DE INFORMAÇÃO DE MARCA REGISTRADA

Eu não sei se a pergunta faz sentido para Você! Mas você de fato DESEJA saber como Você faz para saber se tem alguém usando a sua Marca ou se você está usando uma marca registrada anteriormente?  Se essa pergunta faz sentido para Você, Eu vou te revelar em detalhes como se faz!

Eu não quero que se sinta obrigado a ler este artigo, no entanto, espero que não se culpe no futuro simplesmente por que não quis saber o que Eu tenho para te revelar agora. Essa informação pode significar o sucesso ou o fracasso da sua empresa

Antes de iniciarmos Eu gostaria de te perguntar:

  • Em sua opinião quem tem a informação certa para resolver um problema pode ter uma vantagem competitiva?

Se sua resposta for sim, continue comigo até o fim deste artigo por que eu vou te contar agora a história do Thiago, empresário, contador. Infelizmente ele ignorou os três passos citados acima.

O Thiago, é um caso real, ele é daqui da minha cidade e como ele se deu conta que precisava registrar a sua marca depois de me conhecer, e por que, a falta de informação fez ele perder o seu bem mais precioso e ter a marca registrada no INPI.

Nos conhecemos a cerca de 2 anos atrás, em 2016 precisamente, quando ele me foi indicado para prestar serviços contábeis para um novo empreendimento que estava iniciando na ocasião.

Ao chegar em seu escritório para uma reunião de negócios fiquei impressionado, do início ao fim da reunião e logo criamos uma forte empatia, foi então que perguntei:

  • Como Você faz para saber se o seu concorrente não está usando a sua marca ou se você está usando marca registrada de terceiros?

Ele ficou tão surpreso com a pergunta, mas, me revelou prontamente que nunca buscou saber, no entanto, relatou ter medo que alguém pudesse estar usando o mesmo nome que ele ou ter marca registrada primeiro que ele. Ele tinha uma forte razão para ter esse medo…

Imediatamente Eu pontuei para ele os riscos que ele estava correndo e afirmei que Eu poderia ajudá-lo fazendo uma busca gratuita e comentada da sua marca no sistema de consulta do INPI que pode ser acessado neste link.

Na ocasião o tranquilizei, pois vi em seu olhar o quanto a Marca dele era importante para ele e o quanto ele queria ter a marca registrada. A verdade é que, o que estava acontecendo com ele, acontece diariamente com outros empresários, talvez esteja acontecendo até mesmo com Você, que me lê neste momento. Estou certo?

Conforme acordado em reunião, fiz a busca da marca dele na base de marcas registrada do INPI e como já suspeitava, ele estava usando uma marca já registrada, o registro data de quase 10 anos, ou seja, ele não podia em hipótese alguma usar aquela marca.

Não sei se Você consegue imaginar o quanto é ruim dar uma péssima notícia como esta (marca registrada), para um empresário que está em pleno crescimento e investindo pesado no fortalecimento de sua marca, mas, eu precisava fazer e o fiz.

Ele ficou arrasado… Eu também ficaria se estivesse no lugar dele e Você também ficaria?

Mas nem tudo estava perdido no caso dele que tinha Marca Registrada

Com quase oito anos trabalhando com consultoria e enfrentado vários casos um mais inusitado que o outro, apresentei a ele a seguinte Informação:

Thiago, Eu sei o quanto é assustador acordar em um belo dia como hoje e se dar conta que todo o investimento feito para construir uma marca forte, pode ser arruinado da noite para o dia, mas no seu caso, minha experiência me diz que esta marca ainda pode ser sua!

Nesse instante, Eu vi seus olhos retomarem o brilho, pois nem tudo estava perdido com a marca registrada. Após alguns meses depois tive a certeza da minha suspeita.

Não sei se sabe, mas, todo empresário que faz o registro da própria marca e por sorte é bem sucedido após uma incontável peregrinação e pagamentos indevidos por não conhecer a fundo o processo de registro de marca registrada junto ao INPI.

Entretanto, muitos empresários sempre acabam perdendo os prazos legais… encerrando assim, o processo administrativo, ou seja, perde o direito de exclusividade da marca. Foi exatamente isso que aconteceu com ele!

Muito empolgado com a boa notícia, fui logo ter contato com o Thiago e passei a ele toda a informação necessária para fazermos o registro da marca dele. Em reunião com ele, afirmei:

  • Thiago Eu não quero que se sinta obrigado, se quer precisa se decidir agora se vai fazer o registro da sua marca, pois entendo que sua empresa está passando por profundas transformações;
  • Mas, Você possui uma marca altamente comercial, segundos pode significar a perda da sua marca novamente.

Ele acenou com a cabeça demonstrando que entendeu a gravidade da situação e disse que faria contato comigo assim que a situação cadastral da empresa estivesse resolvida. E, assim ele fez!

Deixar o Registro da Marca para Depois Pode Custar Caro

Passados quase 2 meses Thiago muito empolgado me ligou!

Nilmar, está tudo certo vamos fazer o registro da marca agora, quero ter uma marca registrada no INPI? Eu com toda motivação o parabenizei pela conquista, afinal ele havia conseguido resolver a situação cadastral da empresa dele.

E, após uma breve conversa, voltei ao assunto e o fiz lembrar do fato: segundos podem ser decisivos para perder a marca, logo eu teria que fazer nova busca e só então poderíamos avançar no processo de registro. E, assim o fiz!

Novamente minha suspeita se confirmou, outro empresário havia solicitado a poucos dias o registro da marca e pela segunda vez o Thiago tinha perdido a sua marca e agora não cabia recursos. deixar o registro da marca para depois lhe custou muito caro!

E, ao Thiago só restou trocar o nome comercial da empresa e perder assim, tudo o que já foi construído no fortalecimento e posicionamento estratégico da marca. Uma triste verdade que se confirmou!

Este breve relato de uma caso real de marca registrada e o deixar para depois pode fazer, é de fato uma história verídica e acontece com grande frequência, de norte a sul do país, com inúmeros empresários que deixam o registro da sua marca para depois e não observam os três passos citados acima.

Mas, Eu sei que isso não vai acontecer com Você por que agora Você sabe o que deve fazer e pode até imaginar o quanto de dinheiro Você gastaria se isso acontecesse com Você.

Portanto, deixar a decisão de registrar a sua marca para depois não é a melhor opção e acima de tudo, não é nada inteligente!

Forte abraço e conte comigo para levar proteção a sua marca!

Atenciosamente,

Dr. Nilmar Spoladori

P.S. Agora, toda vez que tomar um café, Você vai se lembrar que precisa REGISTRAR A SUA MARCA e vai saber exatamente quem pode te ajudar por que cedo ou tarde Você vai se dar conta que deixar o registro para depois pode lhe custar muito caro!

Conteúdos que também podem ser do seu interesse e que complementam esse artigo:

Cookie Consent with Real Cookie Banner